Publicada em 23/12/2017 09:58:00

Na prestação de contas das ações do mandato parlamentar, o líder no Congresso Nacional André Moura (PSC-SE) participou nesta sexta-feira (22) dos programas “Balanço Geral Manhã” [TV Atalaia] com Fábio Henrique e “Jornal da Ilha” [Ilha FM] com o jornalista Carlos Ferreira. Além dos tradicionais temas políticos, as entrevistas se focaram nos recursos viabilizados pelo parlamentar para melhorar a saúde em Sergipe e as verbas destinadas ao município de Aracaju.

Fábio Henrique questionou acerca da combalida situação financeira de Sergipe e se as medidas anunciadas pelo governador Jackson Barreto solucionariam os problemas. “Elas são necessárias, ajudam, mas não resolvem. Falta planejamento. Outros estados também tiveram queda de FPE – a diminuição na arrecadação federal impacta estados e municípios – a exemplo de nosso vizinho, Alagoas. A economia de Sergipe continuará difícil em 2018, por falta de uma gestão planejada”, explicou André Moura.

Entre as ações para viabilizar verbas para melhorar e ampliar o atendimento na saúde pública, o líder destacou as obras da Unidade Materno-infantil do Hospital Universitário de Aracaju [R$ 16 milhões], a liberação de uma faculdade de Medicina em Estância através do programa Mais Médicos, R$ 7 milhões para o Hospital Cirurgia aquirir um novo acelerador linear e implantar 20 novos leitos de UTI, e mais R$ 36 milhões para o custeio da Atenção Básica em 47 municípios, além da entrega de 58 ambulâncias e cerca de 40 viaturas do Samu.

Em primeira mão, André Moura anunciou a vinda do ministro do Desenvolvimento Social Osmar Terra a Sergipe, para proceder a liberação de mais de R$ 50 milhões a serem aplicados na construção de cisternas, de centros de referência de assistência social (Cras), de centros de referência especializados de assistência social (Creas) e abrigos para dependentes químicos. “Foi um final de ano generoso para nosso Sergipe, por parte do Governo Federal”, salientou.

No “Jornal da Ilha”, o deputado conversou com o repórter Alex Carvalho. A entrevista girou basicamente sobre os mesmos temas. Entretanto, nessa conversa André Moura também destacou o pagamento de modo célere – e um dos poucos neste sentido liberados no Brasil – da emenda para Aracaju da bancada federal ainda em 2017, no valor de R$ 63 milhões, e mais R$ 15 milhões para pavimentação de vias. “Nossa Capital vai em breve vai virar um canteiro de Obras”, concluiu.

AssCom/AM
#SergipeMaisForte
#MandatoProdutivo